quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Carteira de vacinação dos filhos - Perdeu? E agora?

Além da preocupação em manter as carteiras de vacinação das minhas filhas atualizadas, eu sempre tive o cuidado de não perdê-las. E pra isso eu as guardo em uma pasta em local seguro. Também mantenho uma cópia, em outra pasta, em outro local e as tenho digitalizadas no meu computador e no backup.



Pra mim sempre foi fundamental ter a carteira atualizada e mantida em lugar seguro por ser a forma mais eficaz e segura para identificar as doenças que as minhas filhas estão protegidas e contra as quais elas ainda deverão ser vacinadas.

Só precisei apresentar as carteiras de vacinação até hoje no momento da primeira matrícula na creche e na escola.

Agora, um amigo da Sofia vai morar nos EUA e está tendo que tomar todas as vacinas novamente porque perdeu a carteira. E aí eu fiquei em dúvida de como proceder nesse caso, mesmo eu tendo todas as cópias. Elas são válidas para comprovação? Com elas eu posso ir ao posto e eles fariam outra? O posto tem os registros das vacinas dadas?

Bom, fui ao posto onde a Ana Luiza tomou a primeira vacina e fez a carteira dela e a resposta foi a seguinte:

- Não temos registros das vacinas dadas. Perdeu tem que vacinar novamente, caso precise da comprovação. A cópia não serve para fazer outra carteira. A única vacina que tem registro é a de Febre Amarela porque fica armazenada na ANVISA.

Fui ao posto onde a Sofia tomou a primeira vacina e fiz o mesmo questionamento e obtive a seguinte resposta:

- Não temos registros das vacinas dadas. Perdeu tem que vacinar novamente, caso precise da comprovação. A cópia, servir não serve, mas a gente pode quebrar o galho e passar os registros pra outra carteira.

Nesse posto nem a de Febre Amarela fica armazenada porque eles não fazem o cartão internacional e por isso não fica registrada na ANVISA.

Como a maioria das vacinas das minhas filhas foi dada em clínica, eu liguei pra lá e fiz o mesmo questionamento.

- Nós temos todos os registros das vacinas dadas e em caso de perda podemos atualizar a nova carteira com as vacinas que foram ministradas aqui.

Já para a pediatra das meninas a cópia é útil e válida sim.

Ou seja, é melhor guardar bem guardada as carteiras de vacinação, mantê-las bem atualizadas e não perder de jeito nenhum. Porque só é válida a vacina que foi registrada. 

Se as vacinas foram ministradas em uma clínica privada que continua em funcionamento, muito provavelmente o local tem o registro do histórico das vacinas, não sendo necessário tomar tudo novamente. Mas as vacinas foram tomadas na rede pública e a carteirinha for perdida, babou! Muito provavelmente terá que vacinar novamente (somente para as vacinas válidas na idade atual. Ex.: se perdeu a carteira quando adulto, então irá revacinar apenas as válidas para a idade adulta), pois a rede pública ainda não conseguiu informatizar esses dados.

Sinceramente, como ainda não informatizaram os dados de vacinas ministradas?
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

22 comentários:

  1. Oi Chris! Aqui no ambulatório onde Nathan toma as vacinas elas têm uma caderneta bem simples, só com a parte de vacinas e preenchem sempre a dele e a cópia delas a cada vacina.
    :*
    Blog da Fah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fah, que bom saber que alguns ambulatórios já guardam o espelho das vacinas.

      Excluir
  2. É muita responsabilidade documentos da criança tem que ter muito cuidado

    ResponderExcluir
  3. Muito útil o seu texto, Chris! Também guardo a caderneta de minha filha em local reservado, mas confesso que preciso fazer cópia sempre que uma vacina for atualizada, já que, infelizmente, os postos de vacina não repassam os dados da criança a algum sistema ou algo parecido.
    Obrigada pela dica!
    Beijos,
    Larissa Andrade.

    http://maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho 35 anos e tenho minha carteirinha de vacinação. Minha mãe é bem cuidadosa. Mas, qualquer um pode perder um documento por diversas razões néam? Muito bom o post!
    www.juizonacachola.com

    ResponderExcluir
  5. Chris,
    excelente a ideia de digitalizá-las, já fiz isso com as fotos antigas, entretanto, como documentos ainda não.
    Valeu a dica!
    Aqui em Londrina temos os arquivos salvos no sistema. Ainda bem!!!!!
    Gostei do tema abordado!!!
    Um beijo,
    A Casa da Mãe Jana

    ResponderExcluir
  6. Aqui as do Pedro e do Dani se extraviaram na mudança de São Paulo para cá de volta... Agora, como são adolescentes, somente tomarão as vacinas da idade, felizmente. Porque acho uma temeridade tomar todas as vacinas de novo, de uma vez..

    ResponderExcluir
  7. Chris, aqui em São Paulo já precisei tirar segunda via da carteirinha e consegui sem problemas, o posto de saúde tinha todos os registros. Inclusive quando aos 3 anos me mudei com o meu filho hoje adolescente, tive que fazer a transferência dos registros para o posto de saúde mais próximo.

    ResponderExcluir
  8. Como sempre minha querida blogueira maravilhosa Cris postando assuntos mega úteis! Parabéns pelo post! É difícil ver este assunto tão importante girando por ai, eu sempre guardei todas as carteirinhas dos meus filhos, inclusive a de 15 anos, antitetânica, que a maioria dos adolescentes não tomam, eu fiz meus filhos tomarem. E quando passam em faculdades públicas, tbm tem que apresentar a carteirinha, pois é...E mais importante do que muitos imaginam. Eu conheci criançada neste Brasil que nunca tomou nenhuma, pois tem religião que condena O.o Fiquei besta em saber dessas coisas quando matriculei meus filhos na USP e UFTM pois muitos pais questionavam, porque ou tomam as vacinas ou não tem matrícula... nem comento nada rs
    bjks amiga <3
    www.emnovoestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossa eu me preocupo e muito com as vacinas do meu filho
    Tomo muito cuidado de nunca um dia sumir com a carteira de vacinação dele
    procuro deixar as vacinas atualizadas, que é muito importante
    Legal e importante sua postagem , gostei
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Você é mesmo uma mãe integral! Parabéns por tanto zelo! Abração!

    ResponderExcluir
  11. Ola Chris menina por isso devemos tomar muito cuidado e guarda-las imagina judiar delas de novo com tantas picadas . Deveriam ser registradas as vacinas na rede pública . ótima postagem. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Muito bom o post..
    Esclarece muitas dúvidas..
    Parabéns!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Ih, eu acho que não tenho a minha carteira, não.

    ResponderExcluir
  14. Amiga, eu nunca tinha pensado em fazer cópia das carteiras de vacinação. Você é uma gênia mesmo. Estou sempre aprendendo muito com você.
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Eu vou procurar saber disso aqui no posto onde vacinei a Helena. Não fazia ideia de que isso não ficava registrado :/
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Então é importante mesmo guardar bem direitinho a carteira de vacinação. E olha que esse posto aqui perto é muito bom e mesmo assim não tem o registro das vacinas. Vou falar com as minhas sobrinhas pra cuidarem bem das carteiras dos filhos delas.

    ResponderExcluir
  17. Ótimo post, pois nem sempre nos damos conta de algo tão importante e que infelizmente ainda não fica armazenado na rede, portanto devemos cuidar melhor e gostei também da idéia de digitalizar e guardar uma cópia! Bjs
    http://desejoserperfeita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. oi muito bom, mas eu perdi o cartão de vacina da minha filha mas velha, oque eu faço? em?

    ResponderExcluir
  19. olá perdi a carteira de vacinação do meu filho, o que faço!

    ResponderExcluir
  20. Olá, eu não sei qual posto ou de qual região você é, mas no posto de saúde onde minha filha tomou as vacinas dela foi tudo registrado no sistema, hoje conhecido como SUS, ou seja, é informatizado, lembro bem em cada vacina que anotavam o tipo, data e horário no sistema, informatizado. Realmente algumas regiões do país são carentes de equipamentos hospitalares, até mesmo computadores, espero que um dia isso melhore.

    ResponderExcluir
  21. eu perdi a carteira de vacina da minha filha e preciso para matricular ela, se eu tirar outra carteira de vacina, vai valer pra matricula ou ela tem que tomar todas as vacinas pra depois matricular ?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo