quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Ana Sofia e as maraFilhas no país da Alice

Assim que vi essa toalha de mesa no blog Bina USA fiquei ma-ra-vi-lha-da com os olhinhos brilhando e pensando: eu quero, eu quero, eu quero. Imediatamente pensei na belíssima Bela, do blog Chá de Baunilha, que faz maravilhas. Enviei um e-mail com o link da toalha e fiquei torcendo os dedos para a Bela aceitar fazer uma para nós. A Bela, cheia de habilidade e disposição para encarar uma novidade, aceitou. Passei as medidas da minha mesa, comentei que uma parede da minha sala é verde e falei que ela poderia fazer do jeito dela. Confio plenamente no gosto apurado da Bela.

A toalha Ana Sofia, batizada pela Bela e testada pela Ayla, chegou aqui em casa e ficamos MA-RA-VI-LHA-DAS. A estreia da Ana Sofia precisava ser em grande estilo. Inspiradas pela maravilhosa história da Alice no país das Maravilhas, resolvemos fazer o lanche:

MaraFilhas no país da Alice.

1- Líquido que faz encolher - Beba-me.
Preparamos as garrafinhas utilizando minipets, contact coloridos, papel para etiquetas.

A Sofia pintou o papel de verde e escreveu Beba-me com caneta rosa.

Dicas para um lanche divertido com o tema Alice no País das Maravilhas


Fizemos duas opções de suco:
- com polpa de uva,
- espinafre com Ades de maçã (esse ficou maravilhoso).

2 - Biscoito que faz crescer - Coma-me.
Fizemos em duas versões:
- sanduíche de biscoito Maria com doce de leite,
- sanduíche de biscoito Maizena com Nutella.
O doce de leite foi feito com uma lata de leite Moça cozida por 20 minutos na panela de pressão, contados após iniciar a fervura.

Dicas para um lanche divertido com o tema Alice no País das Maravilhas


Para escrever nos biscoitos utilizamos caneta para decorar alimentos.

3 - Biscoito da Rainha de Copas.
Usamos Cream Cracker, queijo para sanduíche, fatias de presunto e um cortador em forma de coração.

Dicas para um lanche divertido com o tema Alice no País das Maravilhas


4 - Sanduíche Relógio Apressado.
Fizemos com pão de forma, requeijão, queijo prato, tomates perinha, minicenourinha e azeitonas.

Dicas para um lanche divertido com o tema Alice no País das Maravilhas

Usamos forminhas de cupcake nas cores rosa, verde e lilás.
A receita utilizada está postada AQUI. A ideia inicial era decorar os cupcakes com glacê branco, desenhando o sorriso do gato. Mas as meninas já estavam com vontade de cair na brincadeira e resolveram enfeitar com velinhas coloridas.

Delícias maravilhosas prontas! Fomos arrumar a mesa com a toalha Ana Sofia e os joguinhos americanos confeccionados pela Bela.



A empolgação era tanta que nem consegui tirar muitas fotos. Entramos na fantasia, encolhemos, crescemos e nos divertimos bastante.

Dicas para um lanche divertido com o tema Alice no País das Maravilhas

Desde que a Ana Sofia chegou aqui em casa nossas refeições estão mais divertidas. E todo dia recebemos visita de alguma amiguinha da Sofia querendo brincar de casinha.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Leitura para crianças - Oportunidade Imperdível

O Itaú está com mais uma oportunidade única para incentivar o gosto pela leitura nas crianças desde cedo.

Nesse ano, a Fundação Itaú Social está doando 3 livros:


Conforme o site do Itaú informa, "os critérios usados para a escolha desses três títulos foram a qualidade e a diversidade de gênero do texto, autores, ilustradores, projeto gráfico, editoras e origem das histórias. São títulos premiados e recomendados por educadores e especialistas em literatura infantil."

Chapeuzinho Amarelo é um livro-poema escrito por Chico Buarque com ilustrações do Ziraldo. Só por ser dessa dupla o livro já vale a pena. Chapeuzinho é uma  menina que sente medo do medo.  Tinha medo de tudo! Por causa desse medo Chapeuzinho Amarelo já não ria, não ia à festas, não subia nem descia escadas. Ela tinha medo até de contos de fadas. Ao enfrentar o lobo, Chapeuzinho aprende a lidar com seus medos e e voltar a ser feliz. Um texto simples e carregado de emoções que trata o medo de forma lúdica e divertida.
Inspiradas nesse livro delicioso fizemos uma brincadeira culinária com a Chapeuzinho Verde e a Chapeuzinho Lilás e contamos nesse post AQUI.

Adivinha Quanto Eu Te AMO é outro livro lindo e apaixonante. Falamos dele nesse post AQUI.

Essa versão de A Festa no Céu nos iremos conhecer quando os nossos livros chegarem. É claro que já estou participando da campanha de incentivo a leitura. Já pedi os nossos. E quem quiser aproveitar essa oportunidade única de obter livros de altíssima qualidade de forma gratuita, basta entrar nesse link AQUI. 


 No ano passado o Itaú lançou a campanha Ler Faz Crescer. Nós recebemos os nossos livrinhos, aproveitamos momentos agradáveis de leitura e depois encaminhamos os livros para outra pessoa. Valeu muito a pena ter participado. Falamos dos livros recebidos AQUI.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Eu quero matinês!


Ter ido ao Rock in Rio com a Ana Luiza me deixou saudosista. Despertou também a vontade de curtir com elas shows de músicos que pais gostam e não apenas shows infantis e teens. Não que eu não goste de Palavra Cantada, Partimpim e afins. Pelo contrário, gosto muito. Vou a esses shows totalmente feliz.

A Ana Luiza quando estava na creche estudou com os filhos do Frejat, que eu sempre fui fanzoca. Acompanhava não só o Barão Vermelho, na fase do Cazuza, como também a Midnight Blues Band. Banda composta inicialmente por Zé da Gaita (vocais e gaita), Frejat (guitarra e vocais), Maurício Barros (teclados e vocais), Guto Goffi (bateria), Dé (baixo) e Fernando Magalhães (guitarra). Os shows da Midnight Blues Band no Barril 1800 sempre tinham participações especiais como Titãs, Ed Motta, Marisa Monte e Celso Blues Boy. Nosa, bom demais! Estou até me visualizando lá.

Voltando a Ana Luiza, em agosto de 2003 quando ela tinha 4 anos, o Frejat fez os shows de lançamento do CD "Sobre nós 2 e o resto do mundo".


Nessa ocasião ele teve uma ideia brilhante. Fez uma matinê para que os filhos dele pudessem curtir o show com os seus amigos. Claro que nós fomos e como convidados. Quer coisa melhor?  O Canecão estava lotado de pais com seus filhos. As crianças assistiram ao show na maior felicidade. Lembro nitidamente da Ana Luiza e uma amiguinha penduradas na beira do palco e o Frejat ajoelhado tirando um solo para elas.

A partir desse show a Ana Luiza também ficou fã e sempre que entrávamos no carro ela pedia para colocar o CD do “Fejá”.

Adoro me inserir no universo das minhas filhas, mas gosto também de mostrar para elas o meu. Seria muito bom se tivesse mais oportunidades como essa. Por que será que outros músicos não fazem o mesmo?  

sábado, 24 de setembro de 2011

Rock in Rio 2011 - Nós fomos!

A princípio eu nem tinha cogitado a hipótese de ir no Rock in Rio. Nem sei bem porque! Talvez por ter esquecido de como esses concertos são emocionantes.

Até que a Ana Luiza demonstrou interesse e vontade. E já com o dia escolhido.
Conversamos aqui em casa, resolvemos quem ficaria com a Sofia, quem iria com a Ana Luiza e como iríamos. Eu fui a eleita para levar a Ana Luiza enquanto o pai ficaria com a Sofia curtindo tudo pela TV. Combinei com umas amigas e contratamos uma Van. Compramos as entradas que foram guardadas com todo carinho e cuidado.


O dia 23 de setembro estava distante. Cada vez que passávamos por uma das guitarras gigantes que espalhadas pela cidade faziam a contagem regressiva para o evento, o coração batia e a ansiedade apertava. Faltava muito tempo. Mas de repente, num piscar de olhos, o dia chegou.

Imagem obtida na internet 

Totalmente no clima paz, amor e Rock'n Roll lá fomos nós.
Engarrafamento? Tudo bem, estamos no clima!
Fila de 3 km para entrar?



Tudo bem, faz parte!

Rock in Rio com crianças


Quando passamos nas roletas e definitivamente chegamos à área da Cidade do Rock o coração bate mais forte. Foi gratificante para as mães guerreiras



verem a empolgação e alegria das filhas.



A suntuosidade da Cidade do Rock impressionou! Antes de iniciarem as apresentações no palco Mundo, nós circulamos pelo local. Tipo fazendo o reconhecimento da área. Foi impraticável fazer qualquer uma das muitas atividades disponíveis (roda gigante, montanha russa, clipes na Coca-Cola, fotos no Jornal O Globo, tirolesa, etc...). As filas estavam enormes!

Então, lá fomos nós para o gramado. E às 19h em ponto foi feita a abertura do Palco Mundo com uma retrospectiva do primeiro Rock in Rio, em 1985.  Foi emocionante demais. Revivi as emoções que senti ao passar a roleta, entrar naquele gramado enorme e estar no meu primeiro grande festival de rock. As lágrimas vieram aos olhos na homenagem ao Freddie Mercury e com as imagens dos Paralamas, Titãs e Barão Vermelho. Registrei esse momento em vídeo que ficou tremido, ruinzinho, mas como registro da minha emoção. Única forma d'eu mostrar para os amigos um pouquinho do que vivi ali.

Abertura do Rock in Rio 2011

Homenagem ao Freddie Mercury

Depois veio o show dos Titãs e Paralamas juntos. Tudo de bom! Dancei, pulei, cantei todas as músicas, minhas conhecidas de outra época. Época das baladas, shows e nights nos points cariocas. E eu estava ali, no Rock in Rio, com uma amiga que viveu essa fase e que agora compartilha a etapa maravilhosa que é ser mãe. Mais emoção durante o show conjunto do Titãs e Paralamas. Mais lágrimas nos olhos quando tocaram Epitáfio.



Em seguida foi a vez das meninas irem ao delírio. Katy Perry entrou no palco de forma monumental, descendo em uma nuvem. As meninas quiseram ver o show lá na frente, bem na meiúca, na muvuca mesmo. Elas queriam sentir o show. E sentiram. Viveram as emoções delas, externadas com gritos, pulos, palmas e tudo o que tinham direito.

Katy Perry no Rock in Rio 2011


A mamãe aqui, já que estava na chuva era para se molhar, né? Então, curti também. Dancei, pulei e cantei alguns trechos de algumas músicas da Katy Perry que eu conhecia.


Durante o show do Elton John entramos no clima mais relax, sentamos e curtimos. A Ana Luiza e as amigas queriam descansar para estarem "no gás" para o show da Rihana.


O tão esperado show da Rihana não foi lá essas coisas. A Ana Luiza se empolgou em poucas músicas. E me perguntou:
- Será que eu não gostei tanto do show da Rihana porque eu estava cansada ou porque o show da Katy Perry foi bom demais?
Eu acho que foi um pouco das duas coisas.

Arrasadas, cansadas, acabadas e felizes, voltamos e chegamos em casa com o dia amanhecendo. A Ana Luiza já está falando que em 2013 ela vai novamente e em mais dias. Vou ter que ter preparo físico!

A Ana Luiza viveu o sonho dela e eu revivi o meu.



Estive no primeiro Rock in Rio, na noite de 12 de janeiro de 1985. Lembro que foi a noite mais tranquila com shows do Ivan Lins, Gilberto Gil, Elba Ramalho, George Benson, Al Jarreau e James Taylor.
Estive também na segunda edição do Rock in Rio realizada no Maracanã. Fui no dia 18 de janeiro de 1991 e assisti Prince, Joe Cocker, Collin Hay e Jimmy Cliff.

PS: a organização do evento proibiu a entrada com qualquer tipo de alimento. Maior roubada! Apesar das inúmeras opções de locais para lanches todos estavam com filas enormes, impraticáveis. Resultado, ficamos durante todo esse tempo sem comer nada. Tudo bem, era festa! Nem com fome eu iria me aborrecer.

Em 2015 foi a vez da Sofia ir ao Rock in Rio ver a Katy Perry.



Você pode me encontrar também

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Festa ou Viagem?

Festa ou viagem? Eu achava que essa era uma pergunta que surgiria apenas no aniversário de 15 anos. Para minha surpresa, aqui em casa, ela surgiu bem mais cedo. Foi quando a Ana Luiza fez 10 anos.
Até então eu sempre tinha comemorado o aniversário da Ana Luiza com festinhas, coisa que ela adorava. Mas após a festa de 9 anos, a Ana Luiza disse que aquela tinha sido a última festa, estava bom de festas e que a partir dos 10 anos ela ia querer viagem como presente de aniversário.
O primeiro destino escolhido por ela foi o Beach Park. A escolha foi feita depois de ver uma propaganda na TV onde ela ficou encantada com o brinquedo Kalafrio. E que calafrio!
Foi assim que em Janeiro de 2009 passamos uma semana no complexo do Beach Park.  Uma viagem inesquecível. Um lugar ideal, principalmente, para quem tem crianças.

Optamos por ficar no Acqua Park, hotel que faz parte do complexo. Foi uma decisão pra lá de acertada. A infraestrutura é excelente e o visual da Praia Porto das Dunas é lindíssimo.



Quem fica hospedado nos hotéis do complexo tem como regalia entrar mais cedo no parque, 3 dias na semana. Faz parte da recreação levar as crianças para brincarem em algumas atrações antes do parque abrir.
Outro diferencial para quem se hospeda no Acqua Park é o acesso ao parque exclusivo para hóspedes. E para chegar à área dos brinquedos basta entrar na piscina que é um rio com correnteza, deitar na boia e deixar a corrente levar. Verdadeira delícia! As meninas preferiram ir nadando.


Fomos ao parque em todos os dias, várias vezes ao dia. Por estarmos tão próximos e com disponibilidade de acesso pudemos aproveitar os brinquedos sem correria e sem pressa.



Eu e a Ana Luiza fomos em todos os brinquedos (eu gritei demais no Kalafrio e no Sarcófago). A Sofia, que estava com 3 anos, aproveitou a grande maioria dos brinquedos. Alguns ela não teve acesso por causa da altura.

Curtimos muito a infraestrutura do hotel, a piscina, a recreação, o parquinho, os shows noturnos.


O Acqua Park oferece o esquema de meia-pensão, com café da manhã e jantar incluídos. A comida é muito gostosa e tem cardápio com opções infantis. As meninas adoraram almoçar na mesa dentro da piscina e eu me esbaldei no caju, tapioca, queijo de coalho e água de coco.


A praia em frente ao complexo é linda, com areia branca, água clara e morna. Passamos ótimos momentos de tranquilidade e descanso em família.


A viagem tinha como objetivo aproveitar o Beach Park.  Sendo assim, não fizemos outros passeios. O que não foi nenhum problema para mim nem para o Antonio, pois já estivemos no Ceará em outras ocasiões e desbravamos bem a região.

A Ana Luzia ficou realizada com a comemoração do aniversário e não quis mais saber de festas, só viagem.

E quando bate a saudade da turminha do Beach Park



elas entram no site do Beach Park http://diversaonaagua.com.br/. Estão adorando tirar fotos no aquário e fazer papéis de parede.



terça-feira, 20 de setembro de 2011

Leitura teen: Era uma vez minha primeira vez

Quando a Ana Luiza quis comprar o livro Era uma vez a minha primeira vez da Thalita Rebouças no Salão do Livro, confesso que fiquei meio apreensiva. Fiquei muito na dúvida se a leitura era adequada para a idade da Ana Luiza (12 anos). Acabei comprando o livro com a intenção de fazer primeiro a leitura e avaliar se a abordagem era adequada para o momento da Ana Luiza.  


A Thalita aborda o assunto "Primeira Vez" evolvendo romance e sexo, com linguagem de adolescente e responsabilidade de um adulto.

No livro, as amigas Teresa, Clara, Tuca, Fernanda e Patty que estão na faixa etária entre 15 e 19 anos compartilham a sua primeira vez, aquela que a gente nunca esquece. Cada personagem com perfil e características diferentes fala da sua experiência, dos seus medos e neuras.

Nessa leitura leve, além de identificar os cenários cariocas, consegui identificar a minha adolescência em alguns dos 6 contos.

Ao terminar a leitura a Ana Luiza veio me contar das personagens que ela mais gostou. As histórias preferidas da Ana Luiza foram justamente das personagens onde eu a tinha identificado. Vi nessas histórias a personalidade da minha filha, as neuras que eu acho que ela vai viver quando chegar a sua vez e o perfil de menino que ela escolheria para ser o namorado dela.

A leitura é divertida, simples, leve e aborda o assunto sexo com a dimensão das emoções vividas pelos adolescentes e acima de tudo com um direcionamento responsável. 

Uma ótima leitura para mães de adolescentes e seus filhos. O livro é uma ótima oportunidade para mães e filhas lidarem com o assunto de forma natural.

domingo, 18 de setembro de 2011

Sumiço, desculpas e Resultado Sorteio

Fiquei uma semana praticamente fora da net. Estou com problemas de saúde na família o que mudou muito a rotina aqui de casa. Enquanto nos adaptamos à esse momento, eu fiquei muito cansada e com menos tempo disponível. Por isso atrasei em dar o resultado do sorteio. Peço mil desculpas por não ter conseguido, ao menos deixar, um aviso por aqui.

Agradeço de coração a participação e paciência de todos os participantes. Agradeço a Jussara da Ânima Verde por essa oportunidade única.

E vamos lá. Foram 131 comentários sendo que o último não foi de participação. Considerei 130 comentários para serem sorteados no www.random.org.


O primeiro resultado foi :




Como disse, as escolhas pelas estampas seguiriam na ordem do sorteio. Sendo assim, a Vera ganhou a Ecobag com estampa de Golfinho.

A segunda sorteada foi:


O comentário da Kcau de número 92 é de divulgação. Coloquei aqui o primeiro comentário dela, de número 36, por conter a escolha da estampa.


A terceira sortuda é sortuda mesmo pois esse é o segundo sorteio que ela ganha aqui:



Até agora tudo tranquilo com as escolhas das estampas. Cada ganhadora escolheu uma estampa diferente.
Vamos ver o quarto resultado:








A Daiane facilitou bastante a minha vida dando três opções. A ecobag dela foi de acordo com a escolha da 5a sorteada. Dani, ficou com a estampa de tartaruga e de golfinho. A mesma ecobag tem as duas estampas.




Daniele ficou com a Ecobag de furtas tomates.

Aguardo o contato de todas para enviar as sacolas.

Espero voltar ao ritmo normal das postagens. Estou com mitos posts e novidades acumuladas.

domingo, 11 de setembro de 2011

Café da manhã com livros - Porcolino e sua família.

Hoje pela manhã estava um friozinho. A cama quentinha era um convite para a preguiça. Convite esse que a Sofia recusou. Acordou cedo, cheia de energia, querendo jogar bola. Como a vontade de prolongar o meu tempo naquela caminha era enorme, rapidamente pensei em algo interessante que pudéssemos fazer deitadas: leitura! Sugeri que a Sofia escolhesse uns livrinhos para eu ler. Os escolhidos foram as histórias de Porcolino, de Margaret Wild, com ilustrações delicadas e suaves de Stephen Michael King, todos da Brinque-Book. 

Dica de leitura infantil


O primeiro que lemos foi "Porcolino e a Mamãe". História doce do porquinho bebê que se perde da sua mãezinha. Enquanto percorre a fazenda à procura da mãe, Porcolino recebe carinho e apoio dos outros animais. Todos se oferecem para fazer coisas legais e divertidas com o Porcolino. Mas o porquinho bebê que só quer a sua mãe, não aceita a ajuda dos amigos. Até que finalmente Porcolino encontra sua mamãe, faz com ela todas as coisas legais que os amigos sugeriram e dormem abraçadinhos.
Fiquei cheia de esperança de que a minha Porcolina Sofia topasse e ideia e dormisse abraçadinha comigo. Mas não colou! A Sofia estava a própria Porcolina. Recusou jogar bola com o pai, queria a mamãe. Recusou brincar com a irmã, queria a mamãe.

Dica de atividade para estimular o hábito da leitura


Em seguida lemos, aliás, relemos "Porcolino e o Papai". Mais uma história delicada do porquinho bebê. Dessa vez, Porcolino que brincava alegremente com seu pai, o machuca. Achando que o papai estava zangado, Porcolino sai pela fazenda. Carente e inseguro, Porcolino pergunta a cada animal amigo se este o ama. Todos respondem que sim, ressaltam uma característica especial de Porcolino e avisam que tem alguém que o ama  10, 100, 1000, 1 milhão de vezes mais.  Quem será?
Sofia quis saber se um bilhão é mais do que um milhão. Quis saber também o quanto o pai dela a ama. E aqui está a reposta:




Dica de atividade para estimular o hábito pela leitura


Por último relemos, "Porcolino e a Vovó". História graciosa do porquinho bebê que está ansioso à espera da querida, animada e criativa vovó. Por que será que ela está tão atrasada? Enquanto aguarda  a chegada da vovó, Porcolino relembra as brincadeiras divertidas, os momentos felizes que viveu com ela. Conta para os animais da fazenda tudo o que aprendeu com a avó. Finalmente a vovó chega! Sabe por que ela estava atrasada? Porque estava preparando mais uma surpresa bem divertida para Porcolino, o mais querido porquinho do mundo!
Nessa história a Sofia se lembrou da Vó Regi que também é animada como uma família de sapos.

Depois de tanta história divertida, animada e cheia de amor, bateu uma fominha. Fomos preparar o café da manhã. E olha só o que saiu:

- sanduíches de requeijão, queijo e presunto do Porcolino e sua família. Os olhos foram feitos de cereais e o nariz de "M&M";
- rodelinhas de banana com farinha láctea (comida preferida do Porcolino).

Dica de leitura infantil e atividade associada

Foi uma verdadeira delícia a manhã com leitura e atividade estimulada pelo livro.

Dica de leitura infantil e atividade de culinária associada


Depois de um café com livros o dia seguiu cheio de energia.

sábado, 10 de setembro de 2011

Nós no IG: Geração Z ensina os pais a usar a tecnologia

Em 13 de junho de 2009 participamos de uma matéria da Globo News que foi iniciada com a seguinte pergunta: O mundo de hoje, em termos de tecnologia, está dividido entre os nativos e os imigrantes digitais. Em qual dessas categorias você se encaixa?
Eu me encaixo na categoria de imigrante digital. Já as minhas filhas são totalmente nativas digitais conforme falei da matéria nesse post AQUI.

Hoje estamos na matéria, prá lá de interessante, da Carla Hosoi, jornalista e colabora com a seção Filhos, do Portal Delas, do IG.


A matéria fala sobre filhos que ajudam os pais a se conectarem melhor no mundo tecnológico. Estamos, eu e Ana Luiza, falando de como funciona aqui em casa. A matéria conta com outros depoimentos, a opinião de um advogado sobre a questão da segurança e traz um teste para avaliar qual a relação do seu filho com a tecnologia.

Ficamos muito felizes em contribuir com a nossa experiência. Adorei o bate-papo com a Carla Hosoi e a sessão de fotos aqui em casa. 

Vai aqui uma "palhinha" da matéria. Mas entrem em Geração Z ensina os pais a usar a tecnologia para ver o conteúdo na íntegra. Vale muito a pena.


E vocês são nativos ou imigrantes digitais? Como é a relação com os filhos da geração Z no que diz respeito ao acesso à tecnologia?

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Bienal, tô fora? Tô dentro!

Eu já havia avisado que não iria à Bienal, pois no ano passado nós tentamos ir e desistimos na fila para estacionar. Superlotado! Tipo...

impossível, impraticável, insuportável, inviável.
Com tantos INs eu estaria OUT!

Aí a Ana Luiza me chega com o seguinte pedido:
- Mãe, leva eu e a minha amiga na Bienal amanhã? Vai ter Thalita Rebouças.

Nem acreditei quando ouvi isso. Coisa mais sem noção. Expliquei que em pleno feriado de meio de semana, tempo nada propício para praia, Thalita Rebouças, Padre Marcelo e Anne Rice estariam na Bienal no mesmo horário. Claro que, com esse cenário, aquilo lá estaria

impossível, impraticável, insuportável, inviável, intolerável.
No mínimo, toda a população do Rio de Janeiro estaria lá. Tô fora!

Aí veio a argumentação:
- Fala sério, mãe! Como assim? Você não entende! É a Thalita! Eu tenho TO-DOS os livros da Thalita e NE-NHUM autógrafo dela! Tudo por um Pop Star autógrafo da Thalita!

Bom, sendo tudo por um autógrafo da Thalita  já comecei a vislumbrar alguns benefícios em ir à Bienal. Após algumas negociações, fiz a concessão: tá bom, eu levo vocês para ver a Thalita.
Cá entre nós, eu acho que esse contato com escritores e ilustradores é um ótimo incentivo ao gosto pela leitura. Que vale muito a pena de ir a uma Bienal insuportavelmente lotada para incentivar o hábito da leitura. Além do mais, a Ana Luiza merece. Mas eu não ia perder a oportunidade de negociar alguns termos, né?

Sendo assim, saí de casa cedo e no espírito da coisa. Nada me abalaria. Quando chegamos o trânsito estava uma loucura, uma fila enorme, e eu na paz! Enquanto esperávamos no engarrafamento para estacionar, alguém falou:
- Tô com sede!
Eu, preparadíssima, tinha uma garrafa térmica com água geladinha.
Anda, para, anda, para...continuávamos no engarrafamento e alguém falou:
- Tô com fome!
Eu, preparadíssima, tinha barrinhas de cereais aos montes.

Depois da fila para estacionar veio a fila enorme para comprar a entrada.



Depois da fila para comprar as entradas veio a fila enorme para entrar nos pavilhões. Vencidas essas barreiras e sem estresse, seguimos para o pavilhão azul para pegar as entradas para a palestra da Thalita. Na verdade, um Papo com os Leitores.

 Conseguimos as entradas! E, surpreendentemente, sem fila! Ufa!


Com as entradas na mão fomos para a fila para pegar a senha para pegar um autógrafo da Thalita Rebouças. 
Gente, Fala Sério! Cara, a fila no stand da Rocco estava tipo assim... 

INsuportável, IMpossível, IMpraticável, INviável, INtolerável, INacreditável!
(no ponto de vista da mãe, né?)

Simplesmente enorme! Quando pensamos em entrar na fila fomos informadas que seriam entregues apenas 200 senhas. Ou seja, não iríamos conseguir o tão desejado autógrafo. Mas as meninas iriam ver a Thalita Rebouças de perto, ouvir a Thalita Rebouças, fotografar a Tahlita Rebouças. Já estava valendo muito.

Enquanto as teens assistiam a palestra da escritora preferida, querida e linda, circulei com a Sofia. Ouvimos algumas contações de histórias, assistimos teatrinho de fantoches, eu li alguns livros para ela, compramos outros e esperamos.


A Ana Luzia e a amiga saíram do bate papo com a Thalita Rebouças superfelizes e animadas. 
- A Thalita é muito simpática! A Thalita é muito bonita! A Thalita chorou duas vezes! Ela Disse, Ele Disse foi o livro que a Thalita achou mais difícil escrever! "Era Uma Vez a Minha Primeira Vez" vai para o teatro! "Tudo Por um Namorado" vai virar um filme! A Thalita vai lançar "Fala Sério, Filha" em novembro!
- Como assim? Quando nós lemos (euzinha aqui também leu todos os livros da Thalita) Fala Sério, Mãe! eu disse que iria escrever o Fala Sério, Filha!
- E foi isso, as mães pediram para ela fazer o Fala Sério, Filha!
- Então tá, né? Depois dessa Bienal vou fazer o Tudo por uma filha.


E com muitas fotos! 96 fotos só da Thalita Rebouças.


Filha feliz por ter assistido ao encontro com a Thalita Rebouças, com alguns livros adquiridos e mais dois botons de brinde de quem?

Muito legal a campanha da Thalita Rebouças para o incentivo à leitura.

No final o resultado foi bem positivo. Isso porque eu fui no clima do que estava por vir. Nada como expectativas previamente alinhadas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo